VEJA NOSSAS OBRAS



Veja aqui nossas obras selecionadas
por Estados brasileiros

 


Login
Usuário ou Email

Senha




Cadastre-se!
   

Visitantes
  
Usuários Online:
Membros:
0
Anônimos: 27
  


  

Tipos de Vidro


Vidro Antique (Soprado)
 
     Clique para ampliar a imagem
     Este tipo de vidro é fabricado artesanalmente pelo processo de sopro, que transforma a massa vítrea incandescente em um cilindro. Uma vez endurecido, o cilindro é cortado transversalmente e novamente aquecido. O resultado final é uma placa plana de vidro.

     O Antique pode ser identificado por uma superfície irregular - embora lisa -, pela presença de bolhas e ranhuras, e por uma espessura também irregular. Existem basicamente três tipos de vidro Antique: o normal, composto por massa vítrea homogênea de única cor; o plaquê (doble), composto por camadas sobrepostas de cores distintas; e o reamy (barroque), composto de massa homogênea, mas com ranhuras acentuadas pela movimentação do vidro no processo de resfriamento.

 

Vidro Catedral (Impresso Transparente)


Clique para ampliar a imagem     Leva este nome por ter sido utilizado em larga escala na confecção de vitrais em igrejas e catedrais da Europa durante a Idade Média.

      O Catedral é fabricado através de um processo semi-industrial onde a massa incandescente de vidro é laminada por rolos que podem ter, ou não, texturas de diversas formas.

     Possui espessura padronizada e textura homogênea. Este tipo de vidro pode ser colorido ou incolor, mas é sempre transparente.

 

Vidro Colorescente (Streaky)


Clique para ampliar a imagemClique para ampliar a imagem     Os vidros Colorescentes são fabricados tanto pelo processo artesanal de sopro quanto pelo impresso, através da mistura de dois ou mais vidros de cores distintas, que apresentam aspectos de cores misturadas.

     A tensão aplicada na junção das duas placas produz um impressionante trabalho artístico no material vítreo, com aparência quase tridimensional.

 

Vidro Opalino


Clique para ampliar a imagem     O Opalino pode ser fabricado pelos mesmos processos que o vidro Colorescente. 
O que difere o Opalino dos demais vidros é a opalescência do material acabado, que terá semelhança com o alabastro.

     Vidros Opalinos não permitem a visibilidade de um ambiente para o outro, embora possibilitem a passagem de luz.


 

Vidro Compatível


Clique para ampliar a imagem     Quando vidros apresentam o mesmo ou similar coeficiente de expansão (COE), dizemos que eles são compatíveis. Isto significa que não há tensão quando diferentes tipos de vidros são fundidos em uma mesma massa vítrea, formando produtos homogêneos.

     Normalmente cada fabricante possui uma linha distinta de vidros compatíveis que diferem entre si.


Voltar