VEJA NOSSAS OBRAS



Veja aqui nossas obras selecionadas
por Estados brasileiros

 


Login
Usuário ou Email

Senha




Cadastre-se!
   

Visitantes
  
Usuários Online:
Membros:
0
Anônimos: 6
  


  

Pintura - Técnicas

  

Afresco

Clique para ampliar a imagem     Afresco é uma técnica de pintura que precisa ser realizada nas paredes ou tetos de cal, gesso ou outro material similar, enquanto seu esboço ainda está úmido, ou fresco (daí o nome). Na sua utilização as tintas ou pigmentos devem ser granulados, reduzidos ao pó, e depois misturados à água. Dessa forma, as cores podem penetrar nas superfícies úmidas como parte integrante delas.

     O fato dos afrescos secarem rapidamente obriga o pintor a ser muito rápido, ter traços firmes e um objetivo claro da obra final. Um fator limitante desta técnica é a enorme dificuldade de se realizar correções posteriores.

     Por ter ótima durabilidade em países onde o clima é seco, a técnica de afresco foi particularmente aplicada no norte da Europa, na China e em algumas regiões da Índia. Utilizada desde a Antigüidade, há registros de afrescos pintados em paredes na ilha de Creta no período de 2.500 a.C a 1100 a.C.

Clique para ampliar a imagem     A partir do século 18 o uso de afrescos começa a ser cada vez mais escasso. Porém, no século 19, ele encontra novos momentos de valorização entre pintores alemães. No século 20 conquistou admiradores entre os muralistas mexicanos Rivera, Orozco e Siqueiros.


Voltar