VEJA NOSSAS OBRAS



Veja aqui nossas obras selecionadas
por Estados brasileiros

 


Login
Usuário ou Email

Senha




Cadastre-se!
   

Visitantes
  
Usuários Online:
Membros:
0
Anônimos: 17
  


  

Escultura - Técnicas

  

Fundição - Esculturas em Metal

Clique para ampliar a imagem     O primeiro passo na manufatura de uma escultura em metal fundido é a confecção de um modelo em argila da peça desejada. Como na técnica de moldagem, a partir da escultura em argila, será retirado um molde de gesso em tasselos. Este molde de gesso será, então, preenchido com cera, obtendo-se outra peça idêntica neste material, que poderá ser retocada, para corrigir algumas imperfeições derivadas do molde. A partir do modelo de cera, a escultura em metal será confeccionada através do método da cera perdida. Este método é o mais empregado, pois produz peças com desenhos complexos e melhor acabamento.

     Depois de modelada em cera, a escultura será colocada num recipiente preenchido com gesso misturado a materiais refratários, que serão endurecidos e levados ao forno em alta temperatura. A cera derrete, e escorre para fora do gesso. Com isso, ganha-se um molde interno da peça.

Clique para ampliar a imagem     Em seguida, o metal líquido é vazado dentro deste molde, ocupando o lugar deixado pela cera. O gesso é dissolvido em uma lavagem a jato de água, revelando a peça com seus contornos. A escultura de metal passa, então, por um processo final de recorte e de acabamento.

     O outro método de produção de esculturas em metal é a fundição feita na areia, ou terra Lisboa, que utiliza argila e um tipo de areia muito fina, de grande coesão. É um método empregado apenas na confecção de peças simples, a partir do modelo de gesso ou de madeira feito na etapa de modelagem.

     O modelo da peça deverá ser colocado em um recipiente cheio de areia, deixando sua marca neste material. Depois de retirado o molde, seus sulcos na areia serão preenchidos com o metal líquido, que endurece ao esfriar, formando um lado da escultura. O outro lado deverá ser obtido repetindo-se o mesmo procedimento. Em seguida, as duas faces da peça serão soldadas. 

Clique para ampliar a imagem     Nos dois métodos, pode-se aplicar diversos tipos de acabamento. Uma escultura pode ser polida, tornando-se extremamente lisa, ou receber um acabamento acetinado, que apresenta uma superfície lisa, mas com uma certa texturização. Outros efeitos interessantes são: metal fosco, obtido através de um banho de ácido ou jateamento com micro-esferas de vidro; escovado, criado a partir da aplicação de uma série de escovas especiais; e o efeito martelado, que proporciona um aspecto irregular na peça.

     Um acabamento bastante utilizado em esculturas é a pátina, que consiste na aplicação de ácidos preparados para formar uma camada de oxidação estável que impedirá a corrosão do metal fundido.


Voltar